Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BAGOS DE MILHO

COMIDA PARA AVES e OUTROS MAMÍFEROS EM RAÇÕES DE IMAGINAÇÃO COM SORRISOS À MISTURA

BAGOS DE MILHO

COMIDA PARA AVES e OUTROS MAMÍFEROS EM RAÇÕES DE IMAGINAÇÃO COM SORRISOS À MISTURA

A VIELA

 

Aquilo de rua só tinha mesmo o nome. Era menos que uma viela, de tal modo estreita que ao cruzarem-se duas pessoas facilmente se tocavam. O chão era totalmente calcetado com terra e algumas lages de cor ocre, e sempre cobertas de humidade já que os raios de sol nunca chegavam a tocar-lhe. Razão para isso era não só a estreiteza da rua mas também porque as casas, altas de mais ou menos cinco andares, impediam que o sol iluminasse abaixo do “terceiro” andar. As paredes cor de terra eram desprovidas de janelas. Vistas desde a calçada as casas pareciam quererem beijar-se lá no alto.

Junto a uma delas e preso numa argola pendurada da parede estava um sonolento burro, com os olhos meio fechados e arreimado” à dita parede. Tenho a certeza que estava dormindo em pé.
A temperatura ambiente era agradável, se comparada com a do largo anterior onde o sol era rei escaldando o chão e as casas em redor.
Descendo a rua iam mulheres com cântaros à cabeça enquanto outras a rua subiam com outros cântaros; as primeiras com eles deitados porque ainda vazios enquanto que as outras com eles em pé, porque já cheios de água proveniente do poço que lá em baixo a providenciava para toda a aldeia.
Continuei descendo a rua até uma zona arborizada onde as palmeiras, carregadas de tâmaras, eram predominantes e onde se encontrava o poço a marcar o centro daquele oásis.
Sentados num enorme tapete e sob um ainda maior pano de tenda cuja sombra ultrapassava os limites do tapete, estavam alguns homens conversando (o correcto seria dizer: murmurando) enquanto fumavam (ou chupavam?) naquelas espécies de marmitas de que nunca sei o nome. Passei junto deles e ligaram-me tanto quanto às tâmaras que à vez caíam do alto das palmeiras.
É surpreendente o silêncio!, pensei enquanto prosseguia o meu caminho de regresso ao Hotel para num agradável ambiente de ar condicionado beber um chá de menta gelado.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Kok 12.08.2015

    Estive de facto pelos fins de Novembro de 2008 e mesmo assim quando ainda o Sol tem bastante peso.
    E, apesar do meu interesse e da minha curiosidade por estas paragens, não fiquei cliente.
    É estranho, dirás tu, atendendo a que sou algarvio e todos os meus antepassados (que eu saiba) tinham raízes do norte de África.
    Mas é assim; no meu caso é um lugar para ir uma vez e... "tá feito".
    Agora de volta aos (teus) números sem cantorias terás que inventar outros sons. Da próxima viagem bem poderás escolher entre Óbidos ou Mirandela. Menos exótico mas mais acolhedor.
    Beijos com

    §-"cabras"? não me recordo de nenhuma
  • Imagem de perfil

    DyDa/Flordeliz 12.08.2015

    https://photos.google.com/photo/AF1QipN9weh1aBdvpTyX_Vrydns-9mnniAZTW_3IQmBJ espero que as consigas ver, altaneiras e bem dispersas ;-) as cabras.


  • Imagem de perfil

    DyDa/Flordeliz 12.08.2015

    Kok,
    Talvez o melhor seja este link
    https://lh3.googleusercontent.com/MsDyyVIcWWoCmQJOti3tQMTqMtco9dQSc3Tnp1o70W6i=w997-h561-no
    elas adoram "argan"
    eu também - em creme, shampoo ou gel de duche
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mais visitados

    • O FECHO DO SUTIÃ

      28 Janeiro, 2015

      Já a tinha visto por ali, umas vezes rodeada de gajos e gajas ruidosos, betos e "betas". (...)

    • COMO COMEÇAR UM CONTO?

      16 Setembro, 2011

      Não é sempre mas acontece-me muitas vezes ter ideias a não conseguir “deitá-las” cá (...)

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D