Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BAGOS DE MILHO

COMIDA PARA AVES e OUTROS MAMÍFEROS EM RAÇÕES DE IMAGINAÇÃO COM SORRISOS À MISTURA

BAGOS DE MILHO

COMIDA PARA AVES e OUTROS MAMÍFEROS EM RAÇÕES DE IMAGINAÇÃO COM SORRISOS À MISTURA

A VIELA

 

Aquilo de rua só tinha mesmo o nome. Era menos que uma viela, de tal modo estreita que ao cruzarem-se duas pessoas facilmente se tocavam. O chão era totalmente calcetado com terra e algumas lages de cor ocre, e sempre cobertas de humidade já que os raios de sol nunca chegavam a tocar-lhe. Razão para isso era não só a estreiteza da rua mas também porque as casas, altas de mais ou menos cinco andares, impediam que o sol iluminasse abaixo do “terceiro” andar. As paredes cor de terra eram desprovidas de janelas. Vistas desde a calçada as casas pareciam quererem beijar-se lá no alto.

Junto a uma delas e preso numa argola pendurada da parede estava um sonolento burro, com os olhos meio fechados e arreimado” à dita parede. Tenho a certeza que estava dormindo em pé.
A temperatura ambiente era agradável, se comparada com a do largo anterior onde o sol era rei escaldando o chão e as casas em redor.
Descendo a rua iam mulheres com cântaros à cabeça enquanto outras a rua subiam com outros cântaros; as primeiras com eles deitados porque ainda vazios enquanto que as outras com eles em pé, porque já cheios de água proveniente do poço que lá em baixo a providenciava para toda a aldeia.
Continuei descendo a rua até uma zona arborizada onde as palmeiras, carregadas de tâmaras, eram predominantes e onde se encontrava o poço a marcar o centro daquele oásis.
Sentados num enorme tapete e sob um ainda maior pano de tenda cuja sombra ultrapassava os limites do tapete, estavam alguns homens conversando (o correcto seria dizer: murmurando) enquanto fumavam (ou chupavam?) naquelas espécies de marmitas de que nunca sei o nome. Passei junto deles e ligaram-me tanto quanto às tâmaras que à vez caíam do alto das palmeiras.
É surpreendente o silêncio!, pensei enquanto prosseguia o meu caminho de regresso ao Hotel para num agradável ambiente de ar condicionado beber um chá de menta gelado.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Kok 02.09.2009

    Xixa? Se tu o dizes...
    Também gostaste do passeio? E não tiveste muito calor, não?

    Escrever-mos um livro? Enfim, piores males virão ao mundo...

    Beijokassss
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mais visitados

    • O FECHO DO SUTIÃ

      28 Janeiro, 2015

      Já a tinha visto por ali, umas vezes rodeada de gajos e gajas ruidosos, betos e "betas". (...)

    • COMO COMEÇAR UM CONTO?

      16 Setembro, 2011

      Não é sempre mas acontece-me muitas vezes ter ideias a não conseguir “deitá-las” cá (...)

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D