Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



CINZENTOS

por Kok, em 15.01.09

Parece que estou num comboio em andamento, com a testa colada ao vidro da janela, daquelas janelas de comboio que não se abrem, e olhando para o exterior vou vendo a paisagem correr para trás, enquanto que o comboio parece estático. Somente o “track-track” das rodas sobre os carris me indica que ele, de facto, se está movendo.

É contudo estanho que lá fora tudo seja cinzento, apesar do sol e do céu sem nuvens.

Vejo uma ponte escura sobreposta a um rio cinzento onde barcos cinzentos se quedam imóveis nas cinzentas águas paradas;

Vejo campos cinzentos sem réstia de ventos, cultivados de cereais cinzentos;

Vejo casas cinzentas espalhadas nessa paisagem, como se tivessem sido arremessadas num gesto circular tal como se de uma sementeira se tratasse;

Vejo ao longe os contornos cinzentos dos montes e, mais além, os das montanhas que limitam o meu horizonte;

Vejo as árvores estáticas e cinzentas cujas folhas imóveis são ainda mais cinzentas;

Vejo um carro de bois meio atolado no lodo da beira-rio;

Vejo aquele comboio percorrendo a paisagem cinzenta, como se eu próprio estivesse lá fora; todavia sem fazer parte da paisagem e sem estar dentro do comboio.

Tudo me parece cinzento, tudo!

Nesta paisagem cinzenta, estática e ao mesmo tempo agreste, há mais qualquer coisa de estranho, de assustador.

Olho sem entender…, olho sem ver…, até perceber que esta paisagem cinzenta está vazia de vida, de cores, de sons, até do próprio comboio que não se ouve!

 

 

Nem uma pessoa, nem um animal, nem um simples pássaro se vê!

Nem o murmúrio da água a correr, nem o ladrar de um cão, nem o piar de um pássaro ou o grasnido de um gavião.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:04


2 comentários

De maria a 17.03.2009 às 13:17

Descobri este blog por acaso e fiquei agradávelmente surpreendida...um contador de histórias...muito bem

Gostei do conto, apesar de ser tão cinzento...

Diria que sonhaste ou que precisas de olhar de novo...ver o mundo cor-de-rosa por vezes faz milagres, mesmo que ele a maioria das vezes seja tão cinzento como o pintas neste conto...

Espero ler outros contos...mais alegres

Beijinhooos :)

Ps: Deixei um comentário no post da experiência, muito profundo

De Kok a 20.03.2009 às 03:20

Comecei a escrever só para "ver" o que saia, e foi o que saiu!
Gostaste? Fico contente! És uma pessoa muito especial para mim!
Mas isso já tu sabes. Beijokassss!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D