Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



UMA qualquer NOITE DE NATAL

por Kok, em 25.12.11

Neste Natal a noite foi de lua nova o que foi uma chatice.

Sei que escrever foi uma inconveniência era o mais correcto.

Pois era, mas nem quero saber.

O que quero mesmo é contar sobre uma noite de Natal:

Lá fora tudo é silêncio.

A neve, que todos os anos enche a paisagem de branco, não apareceu desta vez.

Mas isso não quer dizer que o frio não seja intenso. É e bastante!

Ao longe, muito longe, o ladrar de um cão ouve-se dificilmente.

Um outro uiva parecendo querer a companhia dos lobos, cuja alcateia ronda pelos montes em volta, e que lhe respondem em sintonia.

À minha frente a lareira acesa, de onde o cheiro e o calor da lenha queimada vai invadindo a sala, ao mesmo tempo cozinha e sala de jantar.

Sobre a mesa a panela das couves cozidas, a travessa com o bacalhau, as batatas, o grão e as cenouras, depois o arroz de pato e mais além o peru recheado rodeado de batatinhas coradas e demais elementos. Desta vez o polvo não teve lugar à mesa!

Ecoa o som dos talheres por entre as conversas, umas sérias e outras nem tanto, dos que ausentes noutras vidas se juntam anualmente na festa familiar do Natal.

Comi pouco. Do mais tradicional, o bacalhau, umas quantas garfadas; do peru que não aprecio, nem o provei; do arroz de pato (prato que gosto, mas depende…) sim, engoli uma boa dose.

E o vinho? Tinto, maduro! Também engoli uma razoável dose.

Bebi (e comi) o suficiente para agora não ter frio!

Sob o alpendre da casa, estou sentado numa cadeira “inventada dentro de um velho barril de vinho”, beberricando de um copo com aguardente caseira (oops) e suspirando por um café nespresso que por aqui não é possível encontrar porque ninguém teve a ideia de “carregar” com a dita máquina.

Cá fora tudo é silêncio.

O ladrar longínquo daquele cão e o uivar do outro e o dos lobos, mais acentuam o silêncio que se ouve.

Cá fora está tudo calmo e escuro, porque é noite de lua nova.

Gosto daqui! Mas também gosto de noites de lua cheia e das luzes da cidade.

 

Porque não me é possível mostrar uma noite de lua nova numa paisagem rural, mostro um contraste: uma lua cheia sobre a cidade iluminada!

 

capa no. 381 da "SÁBADO"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00


6 comentários

De golimix a 25.12.2011 às 19:25

Lua cheia de conversas, sorrisos inebriados pela harmonia natalícia... tudo vale no campo ou na cidade, o que interessa é que essa lua cheia nos encha o coração =)

Bjs natalícios

De Kok a 02.01.2012 às 17:24

Exacto! é isso mesmo o que mais interessa!

Beijos!

De DyDa/Flordeliz a 09.01.2012 às 22:01

Não tinha lido este Natal frio de temperatura, mas quente de intenções.
E agora já estamos de novo em época de lua cheia e continua gelada a noite.
A lareira essa, está apagada e na cozinha ainda cheira a batatas com bacalhau do jantar.
Quando a imaginação escasseia e a vontade se lhe junta...sobre a mesa batatas com bacalhau e grão de bico faz as delicias de um e há um torcer de nariz de desagrado de dois.



De Kok a 12.01.2012 às 15:32

Eu alinho no bacalhau com o grão de bico as batatas (e a couves, se houverem)!
O desagrado de dois é somente um pormenor.

Um excelente ano "em todas as direcções" em que caminhes!
Beijo!

De maria a 13.01.2012 às 00:15

Ainda não tinha lido esta noite de Natal :)

Parece-me uma noite de Natal como deve ser qualquer noite de Natal, uma boa noite de Natal com tudo o que é necessário, a famíla, a comida, a bebida, as conversas sérias ou a brincar e o calor de tudo isto junto :)

Faltou o Nespresso porque alguém se esqueceu de carregar com a máquina, até a pessoa que mais desejava beber o café...

Gostei :)

Beijinho e Feliz Natal :)

*eu sei que hoje já é dia 13 de janeiro, mas Natal é quando um homem/mulher quiser, né?

De Kok a 23.01.2012 às 23:22

Obrigado maria.

Tu nunca chegas atrasada!

Beijokas!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031




Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D